Você entende a perspectiva de um Prisma?

O que é o prisma na geometria espacial e óptica?

Na geometria espacial, prisma é um poliedro sólido formado por faces (ou bases) superior e inferior, paralelas e congruentes ligadas por arestas. No contexto da óptica, chama-se prisma o elemento óptico transparente com superfícies retas e polidas capaz de refratar a luz nele incidida. A aplicação usual dos prismas ópticos é seu uso para separar a luz branca policromática nas sete cores monocromáticas do espectro visível. Em algumas situações o prisma também pode refletir tais luzes.

 

A perspectiva do prisma como ponto de vista

Em um conceito mais abstrato e figurado, prisma também significa ponto de vista. Ou seja, a maneira como entendemos algo, a perspectiva de cada um em relação a um fato, objeto, pessoa, etc. Sob essa lógica, devemos praticar periodicamente a análise crítica e imparcial de tudo ao nosso redor.

Isso inclui as relações interpessoais e também profissão. Sempre nos desligando de paixões, parcialidade, vieses e conclusões por experiências passadas. Isso possibilitará maior lucidez acerca das situações, como se fôssemos espectadores de nós mesmos.

Como “auditores” – cujo objetivo é encontrar falhas, possibilidades de melhorias, pontos negativos e positivos, erros e acertos, devemos vislumbrar o “filme” de nossas vidas, onde estávamos em determinado período, quais foram os planos e onde estamos hoje.

 

Lançando um olhar introspectivo sobre nós mesmos

No âmbito laboral, é preciso enxergar, aceitar e corrigir falhas. Isso inclui trabalhar pontos positivos para que possam ser aperfeiçoados, perceber o que deve ser aprimorado, permanecer atento às novas necessidades de mercado e se manter competitivo.

É comum que a rotina nos tire o foco do que queremos e do que deve ser feito para evoluirmos. E, por mais que a persistência seja o caminho do êxito, não é vergonhoso voltar atrás, se reformular e recomeçar – caso nossa empreitada pareça inviável.

Portanto, devemos lançar um olhar introspectivo sobre nós mesmos e de tudo a nossa volta. Nos “vendo” por outro prisma e sabendo por qual prisma somos vistos. Afinal, somos um prisma que irradia luz e energia em todas as direções. E, assim, que sejamos luz e energia positiva!

 

Dr. Helio Fádel
Psiquiatra Clínico e do Esporte