Sebrae: Clínica ProSport cresce marca durante pandemia

Em época de pandemia, o Sebrae conversou com a Clínica ProSport – que se adequou ao novo cenário de consumo e melhorou seu posicionamento no mercado

Pesquisa do Sebrae aponta que 34,5% dos pequenos negócios mineiros continuam em funcionamento, mas tiveram que se adequar à nova realidade de mercado e às necessidades de consumo geradas pela crise econômica, provocada pelo novo coronavírus – realidade da Clínica ProSport. O estudo foi realizado entre os dias 6 e 7 de abril, com 501 empreendimentos mineiros. Envolvendo setores de indústria, comércio, serviços e agropecuária.

Dos empreendimentos mineiros que estão em atividade, 44% estão funcionando em horário reduzido, como forma de diminuir custos. Para 39% dos entrevistados, a estratégia foi apostar nos serviços de entrega em domicílio e/ou nas vendas online.

Uma empresa juiz-forana que tem buscado soluções para se adaptar ao momento é a clínica de saúde e esporte ProSport. Com o início da pandemia, a clínica ficou fechada completamente por quatro semanas e há três retomou parcialmente os atendimentos, com poucos profissionais, priorizando casos mais urgentes.

“O total de atendimentos de agora representa cerca de 15% do que tínhamos no ‘pré-covid’. Alguns serviços que envolvem mais aproximação com os pacientes e atividades coletivas ainda não foram retomados. Para maio, prevemos a ampliação dos atendimentos, atingindo cerca de 35% a 50% do que realizávamos antes da pandemia”, destaca o diretor Comercial e de Marketing da clínica, Samuel Lopes Mendes.

 

Adaptação, invenção e inovação da Clínica ProSport

A primeira ação da ProSport foi cuidar da equipe de colaboradores e dos que atuam na empresa. “Buscamos ouvi-los, tentando minimizar impactos. Imediatamente, implementamos medidas de marketing. Isso para conectar a marca com o contexto atual de clínica fechada e com os profissionais em casa. No entanto, sempre mantendo uma rotina saudável. Além disso, iniciamos ações de marketing com convidados de renome e alinhados à identidade e cultura da ProSport. Sempre falando de saúde, esporte, empreendedorismo, inovação e Covid-19. Alguns exemplos são Zico, Bernardinho, Gustavo Caetano, Erick Silva, Dr. Guilherme Côrtes (infectologista) e Dr. Helio Fádel (psiquiatra)”, acrescenta Samuel Lopes.

Desde o início da pandemia, mesmo com a clínica fechada, a empresa se preocupou em manter o contato próximo com os clientes e pacientes, não só por meio da rede social, mas individualmente. “Iniciamos, com bastante rapidez, um canal de atendimento online, o ProSport Digital, oferecendo atendimento remoto em especialidades médicas (destaque para ortopedia e psiquiatria), além de nutrição, psicologia, enfermagem, fisioterapia e também treinos de pilates e funcional online, com profissionais da clínica”, relata o diretor.

Com a implantação dessas novas formas de atendimento, a ProSport tem registrado crescimento da marca, com grande aprovação das ações realizadas no ambiente online. Além disso, o Instagram da clínica registrou um aumento orgânico de mais de 600 novos seguidores reais neste período.

“Ao mesmo tempo em que elevamos nosso nome e nos posicionamos no mercado, temos a sensibilidade de nos aproximarmos ainda mais das pessoas. Por fim, esperamos compreender melhor o perfil do nosso público e elevar o conceito da marca ProSport”, finaliza Samuel Lopes.

 

Clique aqui para ter acesso à matéria completa no site do Sebrae!

sebrae - Sebrae: Clínica ProSport cresce marca durante pandemia

 

Dr. Helio Fádel
Psiquiatra Clínico e do Esporte