Diferenças entre multi, inter e transdisciplinar em saúde

O que é ser transdisciplinar em saúde?

Muito se fala nesses termos dentro da saúde, inclusive por profissionais que acreditam seguir tais modelos de multi, inter e transdisciplinar. Mas, na prática, será que isso realmente acontece? Qual seria o modelo mais ideal na prestação de serviços em saúde para os pacientes?
⠀⠀
🖊 MULTIDISCIPLINARIDADE
– Independência dos profissionais de diferentes áreas de atuação
– Não há interação entre esses profissionais
– Cada um é responsável apenas por sua função
⠀⠀
🗣 INTERDISCIPLINARIDADE
– Colaboração entre os profissionais de diferentes áreas de atuação
– Há interação entre esses profissionais
– Cada um é responsável por sua função, porém, a decisão e responsabilidade recai ao especialista da área em questão
⠀⠀
🤝 TRANSDISCIPLINARIDADE
– Interdependência dos profissionais de diferentes áreas de atuação
– Há interação entre esses profissionais de forma sistematizada
– Todos são responsáveis pelo processo, inclusive partilhando decisões e responsabilidades.

E então, qual seria o melhor modelo em saúde?

Se você leu até aqui, certamente viu que os modelos assistenciais mais comuns são o Multidisciplinar e o Interdisciplinar. Principalmente porque o Transdisciplinar “dá mais trabalho” no cotidiano das equipes e é bem mais desafiador. Não apenas em saúde, mas no geral, isso também se aplica.
⠀⠀
Ou seja, formar um staff sintonizado, que compartilha dos mesmos propósitos e ideais, que aceita as opiniões dos demais profissionais de maneira horizontal e desprovido de vaidade é fundamental para evoluirmos pro modelo Transdisciplinar. Desafiador? Sim! Impossível? Nem um pouco!
⠀⠀
Por fim, bons profissionais devem prezar pelo trabalho em equipe e procurar colocar em prática a verdadeira transdisciplinaridade – compartilhando desde as tomadas de decisões até a corresponsabilidade pela vida do paciente!

multidisciplinar - Diferenças entre multi, inter e transdisciplinar em saúde

Dr. Helio Fádel
Psiquiatra Clínico e do Esporte