Dr. Helio Fádel – Psiquiatra

helioFadel 200x300 - Dr. Helio Fádel - PsiquiatraSeja muito bem-vindo(a)!

Meu nome é Helio Fádel, sou médico psiquiatra. Além de exercer a psiquiatria clínica geral, atuo na área dos esportes.
Possuo formação de coach esportivo, além de ser escritor e palestrante.

 

Relação com o esporte

O esporte sempre esteve presente em minha vida. Desde criança, nas práticas recreativas em tênis de mesa, handebol, voleibol e atletismo (além da pescaria como hobby que me acompanha!), até oportunidades de atuar brevemente por equipes de futebol no Brasil e na Espanha a nível profissional. Tais experiências foram essenciais para que eu pudesse compreender a rotina de um atleta de alto rendimento, a dinâmica de uma agremiação esportiva e, principalmente, os desafios que compõem a carreira de um jogador.

No que concerne aos desafios e dificuldades, destaco os aspectos mentais, muitas vezes minimizados ou até negligenciados pelos próprios atletas, gestores e inclusive população geral. No entanto, para que seja possível alcançar o desempenho máximo e se manter nele, o esportista deve gozar da plenitude de seu estado mental, não apenas da parte física. Trata-se de um circuito único integrado: mente sã, corpo são.

 

Formação

Em minha formação de especialista Psiquiatra, pelo Hospital Central da Aeronáutica no Rio de Janeiro, tive a oportunidade de trabalhar com questões similares aos esportes, principalmente no contexto de alto rendimento. No militarismo, as pressões por resultados e pelo desempenho são uma constante, e, para indivíduos em momentos mais vulneráveis, isso pode representar um fator de risco precipitante (ou até agravante) de condições mentais.

Em paralelo, busquei somar ainda mais à minha formação por meio da especialização como Professional & Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC (certificação nacional e internacional, ISO 9001), com nichos de atuação mais voltados para Coaching de Vida, Coaching Esportivo, Coaching de Emagrecimento, Coaching de Saúde e Coaching de Sucesso. Tal formação de Coach, fornece, não apenas ferramentas necessárias para ajudar o cliente a atingir um objetivo, mas toda uma nova filosofia de vida capaz de melhorar a relação do próprio indivíduo consigo mesmo e com o próximo.

Sendo assim, acredito que minha formação como médico psiquiatra, os estudos direcionados em psiquiatria do esporte (no país e no mundo) e o complemento de coach esportivo somados às vivências passadas no contexto do futebol profissional, puderam contribuir muito para uma melhor compreensão pessoal do que realmente representa um ambiente competitivo. Assim, como poder otimizar recursos em prol de todos os envolvidos com esportes.

Em relação ao alto rendimento, algumas vertentes de estudiosos ainda acreditam que sua prática desportiva e rotina desgastantes não sejam plenamente saudáveis, uma vez que podem levar às estafas física e mental. Isso justifica ainda mais a importância de se prover maior atenção e cuidados para os atletas profissionais.

 

Psiquiatra do esporte

Acreditando na ideia de ajudar o atleta, seja ele praticante de exercícios, de nível amador ou elite, a obter maior satisfação com o esporte e otimizar sua performance, busco aprimorar os cuidados em saúde mental no meio desportivo, desde a prevenção de patologias até o fortalecimento mental. O mais importante será sempre a qualidade de vida do atleta. Sempre buscando trabalhos multi, inter e transdisciplinar com outras especialidades. Tais como a psicologia do esporte, medicina do esporte, ortopedia, fisioterapia, nutrologia, fisiologia, dentre outras.

Inúmeros transtornos mentais tendem a surgir na infância, ao final da adolescência e início da idade adulta. De tal forma, é imperativa a prevenção desde categorias de base no esporte. Estamos falando de depressão, ansiedade em suas mais diversas formas (fobias, ansiedade generalizada, de desempenho…), bipolaridade, impulsividade, déficit de atenção/hiperatividade, uso de álcool e outras substâncias passíveis de causar dependência química, impacto cultural e social ao se tornar um atleta de ponta, etc. São condições que, se forem inadequadamente ou tardiamente tratadas, poderão comprometer, não só o futuro de um atleta dentro do esporte, mas também toda a sua funcionalidade perante outros aspectos da vida: relações interpessoais, sociais e profissionais.

Assim, incentivo e reforço o estabelecimento da psiquiatria do esporte – cuidado médico especializado em saúde mental – no país. Movimento esse já iniciado por outros nobres colegas da área e que ganha força com o passar do tempo.

Como membro da Sociedade Internacional de Psiquiatria do Esporte (ISSP) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), ex-atleta de futebol e também co-autor da primeira obra literária sobre o tema no Brasil “Psiquiatria do Esporte: estratégias para qualidade de vida e desempenho máximo” (Editora Manole, 2018), dedico meu trabalho à população de atletas (e seus familiares). Tanto à nível individual, como coletivo, perante agremiações esportivas. Profissionais que lidam com os esportes em seus cotidianos (treinadores, preparadores físicos, gestores…) são igualmente bem-assistidos por meio desse modelo assistencial.

Por fim, as perspectivas de atuação da Psiquiatria do Esporte são amplas. No entanto, devem ser feitos esforços para quebrar barreiras e preconceitos. Seja você atleta recreativo ou profissional, familiar, dirigente/gestor esportivo, ou interessado em esportes, conte comigo. Estarei sempre atualizado, disponível para esclarecer dúvidas, prover consultorias e atendimentos locais e ao redor do Brasil.

Grande abraço!

“A tarefa não é tanto ver aquilo que ninguém viu, mas pensar o que ninguém ainda pensou, sobre aquilo que todo mundo vê”.
Arthur Schopenhauer

Dr. Helio Fádel

 

Atuação em Juiz de Fora/MG

Psiquiatra – consultório particular na Clínica Pro Sport.
Psiquiatra do TUPI Foot Ball Club.
Psiquiatra clínico da UNIMED.
Colunista na Acessa.com.

 

Trajetória profissional

Médico pela Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora/MG.
1º residente de psiquiatria a palestrar em uma Mesa Redonda no Congresso Brasileiro de Psiquiatria (tema: o papel do psiquiatra do esporte. XXXV CBP – São Paulo/2017).
1º residente de psiquiatria a participar do programa ABP TV da Associação Brasileira de Psiquiatria (tema: Depressão em Atletas de Alto Rendimento – 15/01/2018).
1º psiquiatra formado pela Força Aérea Brasileira, pelo Programa de Residência Médica do Hospital Central da Aeronáutica.
Membro da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP.
Membro da Sociedade Internacional de Psiquiatria do Esporte – ISSP (destaque no boletim informativo da Sociedade em dezembro/2017).
Mentorship program (em curso) em Psiquiatria do Esporte, desenvolvido pela Sociedade Internacional de Psiquiatria do Esporte, nos EUA.
Co-autor do livro Psiquiatria do Esporte – Estratégias para qualidade de vida e desempenho máximo.
Professional and Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC.
Ex-atleta de futebol com experiência em equipes no Brasil e Espanha.
Colunista na empresa Acessa.com.